TECNOLOGIAS DE MEDIÇÃO

Catálogo completo Sauter

Medição de força
Ensaios de materiais moderno inclui, entre outras coisas, a aquisição de equipamentos que permitam a medição de força extração e de forças de pressão.
SAUTER oferece nesse sentido uma vasta gama de equipamentos que permitem a medição dessas forças substituindo as técnicas tradicionais de teste de materiais.
Exemplos:
Medição de força tensão ou de compressão de materiais, de tensão de fios, resistência de matérias, etc.


Medição do comprimento
A medição de propriedades geométricas é um dos teste mais comuns para efetuar ao verificação dos parâmetros de materiais.
Nesta área , SAUTER oferece os tópicos medidores de distância que poderão ser utilizados também para calculo de testes de deformação.
Estes equipamentos podes ser instalados em bancos de provas, máquinas ou outro tipo de instalações.


Medição de espessura de revestimento
A medição da espessura dos recobrimentos é sobejamente conhecida e é cada vez mais utilizada, sendo um dos exemplos clássicos o revestimento dos automóveis.
De facto essa medição é cada vez mais usada no ambiente industrial nas mais variadas aplicações.
É aqui que muitas vezes é necessário efetuar a medição de tratamentos finais de superfícies, como por exemplo galvanização, zincagem , vernizes , etc.

Fundamentalmente existem dois princípios de medição de espessura de materiais
  • Tipo F:
    Revestimentos não magnéticos em metais magnéticos, como o ferro ou aço (principio de indução magnética)
    Exemplos de alguma dessas combinações, entre outras:
    1- Alumínio, crómio, cobre, borracha , verniz
    2- Aço, ferro, ligas metálicas, aço inoxidável magnético
  • Tipo N:
    Revestimentos não magnéticos em metais não magnéticos, como o alumínio (princípio de correntes induzidas)
    Exemplos de alguma dessas combinações, entre outras são:
    3- Verniz, tinta, esmalte, crómio, plástico
    4- Alumínio, latão, chapa, cobre, zinco, bronze
  • Tipo FN:
    Todos os revestimentos como no caso do tipo F e N e todos os metais como no tipo F e N
    (combinaçõo dos dois princípios de medição)

Medição de espessura de materiais
Nos casos em que as paredes dos objetos a medir não estão acessíveis pelos medidores tradicionais é necessário a um equipamento ultrassónico para esse efito.
Esta medição baseia-se no seguinte principio de ondas de ultrassons, em que estas viajam a velocidade diferente consoante o tipo de material. O principio de medição por ultrassons pode ser utilizado em qualquer material duro e homogéneo como o metal, vidro e plásticos duros. Nã?o pode ser utilizado por exemplo em betão, asfalto ou madeira.


Medição de dureza de plásticos (SHORE)
Para a determinação de dureza de plástico Albert Shore desenvolveu em 1915 um procedimento muito simples.
Pressiona -se contra um objeto a examinar uma ponta metálica com uma forma definida.
De acordo com a profundidade de penetração o material é mais ou menos duro.
Este procedimento foi adotado nas normas DIN 53505 e 7868.


Medição de dureza de metal (LEEB)
A determinação da dureza de materiais é de especial importância durante o processo de fabrico e utilização de materiais metálicos.
Tradicionalmente a dureza de metais é determinada usando equipamentos de caordo com Vickers, Rockwell ou Brinell.
Desde 1978 que existe um novo método de ricochete de Dietmar Leeb. Sendo um equipamento portátil pode ser utilizado em todo o lado, e os equipamento possuem memória interna para guardar as medições.


Meio ambiente | Saúde ocupacional
Com as prevenções de saúde atuais é necessário a utilização de equipamentos para avaliar diversos parâmetros.
Com a industrialização e desenvolvimento das cidades foram introduzidos exames periódicos como precaução. No que toca a prevenção e avaliação do meio ambiente e na saúde ocupacional a SAUTER apresenta uma gama de equipamentos nomeadamente para avaliação do ruído (sonómetro), iluminação (luxímetro), temperatura e humidade.



Cofinanciado por:

Webdesigner: Maen Zayyad